ITAPEVA – Expectativa positiva sobre Itapeva atrai investidores

Investidores estão apostando em Itapeva (SP). A cidade, a 300 quilômetros da capital do Estado, desponta como uma das grandes promessas de desenvolvimento dos próximos anos, segundo a previsão de empresas de diferentes ramos, como agroindústria, tecnologia e construção civil. Marcelo Camargo, gerente comercial do Grupo Alatus, que implantando o loteamento Ouroville no município, diz que projeções futuras têm incentivado esse investimento. Segundo ele, o fato de o município ser um dos menos explorados até hoje no estado está na lista de atrativos.

Itapeva realmente está “estreando” no mundo dos negócios, apesar de já contar com seus 247 anos, possuir cerca de 100 mil habitantes e ter seu solo como objeto de estudos de empresários estrangeiros, devido à sua impressionante fertilidade que lhe garante inclusive o status de maior produtora de soja do Estado. O setor de serviços nas áreas de Educação e Saúde é referência para uma região de 18 municípios e aproximadamente 300 mil pessoas. Marcelo Camargo acredita que as grandes empresas estão enxergando nesse cenário uma oportunidade de se consolidar e crescer ao lado da cidade.  

 “É uma cidade promissora e está vivendo um momento novo. Antes de iniciarmos as obras de construção do Ouroville, fizemos um amplo levantamento do perfil do município e está claro que Itapeva está em pleno momento de expansão”, diz Marcelo Camargo, do Ouroville. Lá serão investidos cerca de R$ 20 milhões nas obras de infraestrutura e fechamento do loteamento, que será entregue até o final deste ano.

Paulo Pedroso, diretor executivo da PR Telecom, empresa que está iniciando a instalação rede de fibra ótica para o município, conta que os planos para o município estavam previstos desde 2012 e que agora chegou o momento de investir. “Fibra ótica já é realidade no mundo todo”, diz ele. “Agora chegou a hora de Itapeva também contar com essa tecnologia, que oferece mais velocidade e estabilidade à internet”, completa.

A localização e os atrativos naturais do município também são fatores valorizados por quem investe na cidade. O empresário Nelson Schreiner Júnior, dono da Nutriceler, que produz e comercializa fertilizantes em todo o país, conta que tem uma afinidade com Itapeva. A localização, segundo ele, é excelente, já que fica próxima dos portos de Paranaguá (PR) e Santos (SP). E o resultado para ele, é positivo. O faturamento da empresa já está 20 vezes maior, em relação ao início dos trabalhos, há oito anos. “Ampliamos recentemente a estrutura física da empresa. Mantemos filiais em outras cidades brasileiras, mas a nossa matriz é aqui. E temos planos de ampliá-la ainda mais”.

Agroindústria

A agroindústria também é um setor em franco desenvolvimento. Akira Yoshimura, sócio-proprietário da indústria de alimentos congelados Agroyoshi, diz que o potencial da cidade e da região para a instalação de empresas ligadas ao processamento de alimentos é grande. “A agricultura é a base da nossa região. Nosso clima é muito bom, a diversidade de produtos que podem ser produzidos aqui é enorme”, avalia.

Ele acredita que novas empresas desse setor possam se instalar no município nos próximos anos. Enquanto isso, os desbravadores marcam seu território e seguem prosperando com a cidade. “Acreditamos em Itapeva, acreditamos na sua força de desenvolvimento e queremos ter nosso trabalho atrelado a esse marco de desenvolvimento econômico na história da cidade”, diz Marcelo Camargo.

 Por Juliana Oliveira





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br