Santo André – Diocese libera obrigatoriedade do uso de máscaras nas igrejas do ABC

Notícia publicada em 22 de abril de 2022

Conforme Circular nº 02/2022 publicada, norma prevê continuidade de medidas de proteção, como Álcool 70º e aferição de temperatura

De acordo com a circular nº 02/2022 da Diocese de Santo André, o bispo Dom Pedro Carlos Cipollini anunciou a liberação da obrigatoriedade sobre o uso de máscaras nos ambientes internos das igrejas. A partir de agora, 19 de abril de 2022, os fiéis podem fazer sua escolha sobre o uso da proteção.

A circular diz: “Os fiéis e demais pessoas que frequentam as nossas igrejas ficam liberados para usarem ou não a máscara, seguindo seu próprio critério. No entanto, é vivamente recomendável que pessoas mais idosas, portadoras de comorbidades e vulneráveis, continuem usando a máscara para proteger a própria vida. Também pessoas fora do grupo de risco, desejando ser solidárias e prevenir, em especial os mais vulneráveis. Fiquem à vontade para usar a máscara. Continuam recomendados os cuidados de sempre. tais como higienização das mãos, medida de temperatura, etc, onde a comunidade assim decidir em unidade com o sacerdote.”

Confira abaixo o anúncio válido para as mais de 100 paróquias e 200 capelas da região de todas as sete cidades do Grande ABC:

“A quem ler estas nossas letras, paz e bênção de Deus, na alegria pascal!

Nossa circular anterior prescrevia o uso de máscaras nas igrejas até a data da Páscoa inclusive. Passado este período de celebrações e frequência mais intensa dos fiéis às nossas gajas venho, após consultar o Conselho de Presbíteros, em reunião extraordinária do dia 07/04/2022, comunicar o que segue: a) Lembramos inicialmente que, não foi declarado pela OMS o fim da pandemia de Covid-19, assim como foi declarada oficialmente sua existência, em 11/03/2020.

Portanto, embora a pandemia tenha diminuído muito, não acabou. Continuam morrendo pessoas, porém, em quantidade e situação bem diferentes do seu início. A existência da vacina é responsável por ajudar a diminuir drasticamente este mal.

b) A partir desta data da Páscoa (18/04/2022), os fiéis e demais pessoas que frequentam as nossas igrejas ficam liberados para usarem ou não a máscara, seguindo seu próprio critério. No entanto, é vivamente recomendável que pessoas mais idosas, portadoras de comorbidades e vulneráveis, continuem usando a máscara para proteger a própria vida. Também pessoas fora do grupo de risco, desejando ser solidárias e prevenir, em especial os mais vulneráveis, fiquem à vontade para usar a máscara. Continuam recomendados os cuidados de sempre. tais como higienização das mãos, medida de temperatura, etc, onde a comunidade assim decidir em unidade com o sacerdote.

c) Deixamos aqui registrado que: caso haja recaída ou agravamento da situação. com base em orientações e normas do poder público e autoridades sanitárias, voltaremos ao uso de máscaras obrigatório nas igrejas, como antes desta data aqui assinalada.

d) Participamos da angústia, sofrimento e preocupação que envolveu este tempo dramático da fase mais aguda da pandemia. Nossa Igreja contou com uma colaboração, solidariedade e unidade admiráveis que a todos conforta e faz ter alegria de sermos católicos. Merece especial menção, a generosidade de milhares de irmãos e irmãs que em várias frentes de trabalho caritativo, em especial o Vicariato da Caridade Social de nossa Diocese, se desdobraram para atender a todos, acolhendo, quem procurava, e indo em missão buscando os necessitados de ajuda.
Que esta circular seja lida nas missas dominicais e divulgada na mídia de nossa Diocese.




Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br