Porque Via Mão?

porque__via_mo“Viamão -Caminho certo!”, é o nome que adotamos para o JORNAL como forma de homenagearmos os tropeiros, pois foram eles que marcaram a história. Montados no lombo de cavalos, cruzaram fronteiras e diversas cidades. De Viamão, Rio Grande do Sul, eles vinham até Sorocaba e São Paulo. Considerando a história, desde 1733, Viamão tem de certa forma afinidades com Capão Bonito, por conta dos tropeiros que partiram de dê-la vindo de região em região , fundando pousadas, originando então as diversas cidades do interior sudoeste do Estado de São Paulo. Pousaram a beira dos rios passando pelas cidades de: Itararé, Itapeva, Buri,Capão Bonito, Itapetininga, Alambari, Araçoiba da Serra, onde as tropas descansavam, antes do inicio das vendas, e finalmente Sorocaba.

 

Como marca cultural da história, o desenho em glayon (Caminho dos tropeiros) do artista Mario Matos é um importante registro das viagens dos tropeiros por esta região.

 

Para quem nunca ouviu falar de Viamão- Caminho dos Tropeiros, estamos trazendo um artigo escrito pela a Professora Alice Olivati , explicando com mais detalhes esta história que vai alegrar e informar você leitor um pouco mais sobre o porque do Jornal Viamão – Caminho Certo.

 

Viamão – Caminho dos Tropeiros

Há alguns anos os governos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná iniciaram um estudo do Caminho dos Tropeiros, pesquisando os locais de saída e pousada das tropas, as quais vinham até Sorocaba no Estado de São Paulo, onde havia a famosa Feira de Muares.

 
Vindos de Viamão – origem da atual cidade de Porto Alegre e de Cruz Alta (ainda no Rio Grande do Sul, os que partiam de Corrientes na Argentina) iam de região em região, fundando pousadas que deram origem ás cidades , por volta de 1733, data da primeira caminhada com muares. São elas: Porto Alegre, Cruz Alta, passo Fundo-Rs, Lages e Mafra em Santa Catarina, sendo estas cidades famosa por um tipo de estribo que liberava o pé do cavaleiro em casa de acidente, Rio negro, onde havia um Registro de Animais , e Lapa , famosa pelas suas facas e facões, a “Lapeana” , São José dos Pinhais, Curitiba, Guarapuava, (por variação) palmeira, Ponta Grossa, Castro Jaguariaiva no Paraná. No Estado de São Paulo, passava-se por Itararé, Itapeva, Buri, Capão Bonito – onde havia um bonito capão de mato em formato de coração, motivo que denominou o nome da cidade Capão Bonito, Itapetinga, Alambari ou pouso das Pederneiras, Campo Largo (atual Araçoiba da Serra) onde as tropas descansavam antes do inicio das vendas, e finalmente Sorocaba.

 
Os Tropeiros, ao saírem do sul normalmente entre setembro e outubro, registravam-nas em Curitiba. As tropas xucras, ao chegarem a Sorocaba, por volta de março, acampavam em campo Largo (agora Araçoiba da serra), onde eram preparadas para a feira (doma e engorda).

 

Capão Bonito na Rota dos Tropeiros
No mapa do século XVIII pertencente ao arquivo da marinha e Ultramar, de Portugal (ver imagem), consta que a Rota dos Tropeiros que saiam de Viamão- RS, não apenas dirigiam –se a Sorocaba para a famosa feira, mas objetivavam a chegar até a cidade de São Paulo.
Consta ainda no referido mapa que a rota dos tropeiros passava “entre as vertentes dos rios que caem para a costa e dos que vão desde a serra”. De Viamão a São Paulo – Itararé, Itapeva, Buri,Capão Bonito, Itapetininga, Araçoiba da Serra, Sorocaba e São Paulo.

Profª Alice Elias Daniel Olivat

 

Face

“ Via Mão”- surgiu após vários meses de pesquisas junto aos leitores que moldaram a face do jornal. Com tudo isso concluímos que o jornal têm que de fato respeitar as opiniões do leitor que esta sem dúvidas cansados de ver tantas noticias de violência e maldade.

 

Estaremos aqui em parceria procurando não omitir nenhuma informação.

 

Mas com toda a certeza iremos sim, agir com cautela e prudência ao informar. Pois os veículos de informações em sua maioria tem sido de sensacionalismo, demagogia. Noticias tétrica, corrupção e terror!

 

Cautela ao informar e uma atitude no mínimo de respeito com a sociedade, entre elas a família que labuta dia a dia para dar uma educação mais digna ao seu filho, dos jovens e adolescentes que estão em busca dos seus sonhos e estes precisam de palavras mais animadoras. Infelizmente a imprensa global tem contribuído muito pouco para a formação do jovem cidadão do amanha.

 

“VIA MÃO”: Tem por finalidade mostrar o caminho certo da noticia. È um veiculo, onde você viaja nos mais diversos assuntos tais como: origens, cultura, historias,.lazer, esporte, religião, sociedade, política, entretenimento. Enfim, informações que ti levara para ledice do alto astral.

 

Ivonete Lima Schmitz – Diretora Proprietária<–>


Voltar


Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br