Tamanduá, ferido por causa das queimadas, continua internado

Notícia publicada em 23 de setembro de 2020

Equipes da Coordenadoria de Fiscalização de Fauna da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e do Posto de Atendimento Emergencial de Atendimento a Animais Silvestres do Pantanal (PAEAS Pantanal) estão realizando o monitoramento fluvial do Pantanal, especialmente os rios Cuiabá e são Lourenço. Os objetivos são atender animais que estejam feridos, identificar se é necessária a disponibilização de alimentos e impedir ações depredatórias contra a fauna local.

Em um dia de patrulhamento, foram avistados na beira dos rios diversos animais como aves, onças, capivaras, jacarés, ariranhas e outros animais que têm o hábito de permanecer na beira do rio. De acordo com a médica veterinária, Karen Ramos, responsável técnica pelo PAEAS Pantanal, os animais avistados pela equipe durante a ronda de domingo (20) passam bem e, inicialmente, não necessitam de cuidados especiais. No trajeto terrestre, também foram avistados veados mateiros, antas e quatis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos Juliana Carvalho





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br