Eleições 2016 serão mais claras, mais econômicas e mais facilmente fiscalizáveis pela população.

eleicoesSegundo alguns Cientistas Políticos, grande parte dos municípios do Estado de São Paulo, em sucessão dos acontecimentos em Brasília, inflamados pela Operação Lava Jato, de certa forma estão meio que lentos em relação às eleições municipais. Entretanto não é o que parece em Capão Bonito, onde já se nota a agitação dos pré-candidatos que também começam a influenciar a população que inflamam comentários até já apostando na vitória de um ou de outro, candidato. A cidade já esta bem animada em relação à eleição que apontará o novo Prefeito, vice e vereadores, em outubro próximo.

Por outro lado o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), seguido pelo afastamento do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) e os desdobramentos da organização do novo governo do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), levaram a população de modo geral acompanhar a política nacional como se fosse um seriado de televisão, e isso é ótimo, mostra que o povo não esta mais tão alienado assim, mas sim preocupados em votar com mais responsabilidade. Que a “Baderna” do Congresso Nacional nos sirva de alerta para não elegermos trambiqueiros.

Aliás, em decorrência do Brasil estar curtindo esta “ressaca moral” e das bravas, algumas cidades da nossa região perece ainda estar meio que tímidas para a eleição municipal, mas felizmente não é o caso de Capão Bonito que pelo contrario esta sendo uma das primeiras da região a “mergulhar” com força nesta eleição, tanto que pelas ruas da cidade “o bicho já ta pegando” e o bochicho esta a cerca da questão judicial que envolve o vice- prefeito, causando indagações, se ele poderá, ou não disputar prefeitura da cidade. Por outro lado a Reforma Eleitoral 2015 que diga se de passagem,  causou novo despertar na população que dizem sentir-se mais aliviados por não ter que ficar ouvindo tanta falação aos seus ouvidos.

Aliás, a lei esta promovendo importantes alterações, além de mudanças nos prazos para as convenções partidárias, filiação partidária, e principalmente no que se refere a pedir votos. , agora os  políticos poderão se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada, mas desde que não haja pedido explícito de voto.  A nova regra, por outro lado é ótima, pois permite que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa, que, aliás, a Via Mão já esta trazendo nesta edição assuntos relacionados às pré-candidaturas 

Vale lembrar que a nova reforma da lei também reduziu o tempo da campanha eleitoral de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto. Concomitantemente creio que pela questão do tempo de  campanha ficar mais curta, injetou mais animo nos políticos de Capão Bonito que estão super acelerados nesta pré-campanha que promete ainda muito até chegar a convenção e derradeiramente  a campanha de fato.  A avaliação desta mudança é que as eleições de 2016 serão mais claras, mais econômicas e mais facilmente fiscalizáveis pela população. “Compete agora à sociedade fazer a sua parte, na hora de fiscalizar melhor e avaliar os candidatos em quem votar”,





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br