Feriado de Ano Novo deve movimentar cerca de 2,7 milhões de veículos nas rodovias estaduais de saída da capital

Saída deve ter maior movimento entre 11h e 22h da sexta-feira; no sábado, pico está estimado para a faixa entre 8h e 14h

A partir das 11h de amanhã, o movimento nas rodovias paulistas sob concessão deve ficar mais intenso em razão do feriado de Ano Novo. A expectativa é que até segunda-feira (01/01), 2,7 milhões de veículos circulem pelos Sistemas Anchieta-Imigrantes, Anhanguera-Bandeirantes, Castello Branco-Raposo Tavares e pelas rodovias Ayrton Senna-Carvalho Pinto. O maior movimento de saída para o Ano Novo deve ocorrer entre as 11h e 21h de sexta-feira (29) e das 8h às 14h do sábado (30). Já o retorno deve ter tráfego intensificado do meio dia às 23h da segunda-feira (01). Durante o feriado, assim como toda a temporada de férias, as concessionárias de rodovias paulistas implantarão a Operação Verão, período que vai até o dia 18/02/2018 em que há reforço tanto nas equipes de atendimento médico e mecânico, quanto na frota de veículos com guinchos e ambulâncias para acompanhar o aumento no tráfego de veículos.

Dicas de segurança. Para viajar com conforto, segurança e evitar situações estressantes, algumas medidas e cuidados são indispensáveis e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa também devem ser checados antes de partir. É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe. É essencial que o condutor tenha uma boa noite de descanso no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência.

Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico. Para garantir a tranquilidade durante a viagem também é importante ter anotado num papel ou gravado no celular o número dos telefones dos serviços de atendimento ao usuário das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar. Todas as concessionárias têm serviços gratuitos aos motoristas, com uma estrutura completa que inclui guinchos, equipes de inspeção de tráfego que percorrem as pistas 24 horas por dia, câmeras de monitoramento de tráfego, painéis de mensagem variável, que oferecem informações sobre as condições de tráfego, serviço 0800, telefones de emergência.

E sempre que ocorrer um imprevisto na rodovia, o usuário deve seguir algumas recomendações de segurança. A primeira medida é parar o veículo em local seguro e comunicar à concessionária, que acionará o atendimento gratuito ao motorista. Além disso, o socorro também é acionado pelo Centro de Controle Operacional (CCO) das administradoras das rodovias ou pelas viaturas de inspeção de tráfego. Nos CCOs, equipes acompanham quaisquer ocorrências por câmeras que cobrem a malha rodoviária estadual, além de veículos operacionais que circulam 24 horas por dia, sete dias por semana, monitorando o tráfego.

A atenção nas rodovias deve ser redobrada. Segundo o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, iniciativa lançada em 2016 pelo Governo Estadual para analisar os óbitos em acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas, 94% das mortes são ocasionadas por falha humana. Portanto, antes e durante a viagem, não consuma bebidas alcoólicas e não dirija com sono. O motorista e os passageiros devem usar o cinto de segurança – inclusive no banco traseiro -, respeitar os limites de velocidade, não trafegar pelo acostamento, ultrapassar somente em locais seguros e pela faixa da esquerda, reduzir a velocidade em condições de neblina ou chuva e não jogar lixo nas estradas.

Condições das Estradas. A Agência disponibiliza em seu Twitter (@artespsp) boletins e áudios sobre as condições de tráfego e eventuais desvios ou acidentes que provoquem interdições, além de informações sobre segurança viária. Os dados são fornecidos pelo CCI da ARTESP que controla e fiscaliza as Concessionárias de Rodovias do Estado a partir das imagens ao vivo das câmeras de monitoramento e de diversos sensores instalados na malha viária. Antes de pegar estrada, é importante o motorista e passageiros terem em mãos os telefones de contato das concessionárias das rodovias que irão utilizar, assim podem entrar em contato tanto para solicitar atendimento quanto para obter informações. No site da Artesp é possível baixar um mapa com os contatos das concessionárias: http://www.artesp.sp.gov.br/rodovias-mapa-das-concessoes-rodoviarias.html

Abaixo, a estimativa de movimento das concessionárias das principais rodovias paulistas que atendem às viagens de ida e volta da Região Metropolitana de São Paulo:

Concessionária Ano Novo

0h do dia 29/12 às 24h do dia 1/1/2018

Sistema Anchieta – Imigrantes

Ecovias 750 mil

Sistema Castelo Branco – Raposo Tavares

CCR ViaOeste 490 mil

Sistema Anhanguera – Bandeirantes

CCR Autoban 630 mil

Rodovias Ayrton Senna – Carvalho Pinto

Ecopistas 835.616

Rodovia dos Tamoios

Tamoios 125.000

Pronto atendimento. Nas rodovias concedidas, o esquema especial prevê reforços nos equipamentos operacionais, como call box (telefones de emergência), câmeras, painéis de mensagens, veículos de inspeção de tráfego e também para o pessoal operacional nas pistas e de manutenção dos equipamentos. Haverá aumento no número de guinchos, ambulâncias e outros veículos de apoio, além da implantação de operação “papa-fila” sempre que necessário para agilizar passagem pelas praças de pedágio manual, entre outras ações. Será intensificada a comunicação com os órgãos de imprensa e divulgação de informações sobre tráfego e operações, além das equipes do atendimento de 0800 e call boxes. Ao todo são 22 concessionárias de rodovias paulistas, além do DER, da DERSA e da Polícia Militar Rodoviária que também participam da Operação Verão.

Viagens de ônibus. Quem optar por viajar pelos ônibus do transporte intermunicipal também deve ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A fiscalização nas rodovias será intensificada no feriado para coibir a atuação de operadores clandestinos. O serviço irregular expõe os passageiros a vários riscos, uma vez que o veículo não é vistoriado para esse fim e não há garantia de que o motorista seja habilitado para atuar no transporte coletivo.

A Artesp trabalha intensamente para fiscalizar questões mecânicas e de conforto em toda a frota que está devidamente cadastrada junto à Agência reguladora. Os passageiros devem entrar em contato com a Ouvidoria da Artesp se forem encontradas irregularidades como más condições do veículo, falta de higiene ou atrasos, entre outros eventuais problemas. O registro pode ser feito pelo telefone 0800.727.83.77 ou pelo e-mail ouvidoria@artesp.sp.gov.br. Todas as reclamações são apuradas.

A Agência lembra que, em todas as viagens rodoviárias, o passageiro deve manter-se sentado e com cinto de segurança sempre que o veículo estiver em movimento. Por segurança, também é importante não carregar perto de si objetos pontiagudos ou cortantes e levar dentro do veículo somente objetos pequenos e leves. As bagagens de mão devem ser acomodadas no porta-embrulhos e as maiores, no bagageiro.

SOBRE A ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula e fiscaliza o programa paulista de concessões rodoviárias, aeroportuárias e do transporte coletivo intermunicipal de passageiros no Estado de São Paulo. A atuação da Agência compreende 7,9 mil quilômetros de rodovias administradas por 22 concessionárias, além de 1.062 linhas intermunicipais do transporte coletivo e de cinco aeroportos regionais paulistas.

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) aponta que as 18 melhores rodovias do Brasil são paulistas e fazem parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, fiscalizado e gerenciado pela ARTESP.

_______________________________

ARTESP – Assessoria de Imprensa





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br