CTG Brasil tem dois cases premiados em programa de sustentabilidade

Ivan Toyama e Vinícius Amaral, da área de Patrimônio

Projetos de manejo pesqueiro e uso de bordas de reservatórios, desenvolvidos pela empresa, foram reconhecidos pelo programa Benchmarking Brasil

A CTG Brasil, uma das principais geradoras privadas de energia elétrica do País, teve dois cases premiados pelo programa Benchmarking Brasil, que reconhece as melhores práticas socioambientais e de sustentabilidade. O projeto Ecologia e Manejo de Peixes, classificado em 4º lugar no ranking, consiste na produção de 3,6 milhões de alevinos que são utilizados pela CTG Brasil em suas ações de repovoamento de peixes nos rios Paraná e Paranapanema. Já a campanha Espaço Legal, que ficou em 5º lugar, visa conscientizar a população no entorno dos reservatórios das usinas da CTG Brasil sobre a ocupação regular e o uso correto dessas áreas, preservando o meio ambiente. A premiação aconteceu na última quinta, dia 28, durante o Bench Day, evento que contou com a apresentação e classificação dos 15 cases selecionados pelo Benchmarking Brasil em 2018.

Norberto Vianna, da área de Meio Ambiente da CTG Brasil

“Atuar por meio de ações que estejam em harmonia com o meio ambiente é algo que está na nossa missão. Por isso, ter dois cases classificados em um dos mais importantes prêmios de iniciativas na área socioambiental do Brasil para nós é um grande reconhecimento. E, mais importante que fazer parte desse ranking é saber que essas melhores práticas serão compartilhadas pelo Benchmarking Brasil e que podem servir de exemplo para outras empresas e para projetos futuros”, ressaltou Aljan Machado, diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho.

O Benchmarking Brasil reconhece e compartilha as melhores práticas socioambientais de instituições brasileiras. A metodologia de seleção do programa, reconhecida pela ABNT, inclui uma comissão técnica formada por especialistas de diversos países que avaliam as práticas e projetos considerando diversos critérios. Cerca de 370 práticas de 192 instituições já foram certificadas e, até 2017, 205 especialistas de 23 países já haviam participado da comissão técnica.

 

Ecologia e Manejo Pesqueiro

Ao lado da UHE Salto Grande, no Rio Paranapanema, a CTG Brasil possui uma Estação de Piscicultura onde são realizadas as pesquisas e reproduzidos, por ano, 3,6 milhões de peixes de espécies nativas dos rios Paranapanema e Paraná. Essa produção alimenta o programa de manejo pesqueiro, por meio do qual a empresa realiza o repovoamento dos reservatórios sob a sua administração. As ações de soltura, ao longo do ano, contemplam os reservatórios do Rio Paranapanema com 1,5 milhão de novos peixes e os do Rio Paraná, com 2,1 milhões.

As espécies trabalhadas são importantes para os ecossistemas e têm valor econômico e cultural para as comunidades ribeirinhas. A partir dos locais de soltura, os peixes se deslocam pelos reservatórios e afluentes, contribuindo para a manutenção da biodiversidade e ampliação do estoque pesqueiro na região. Além disso, também fazem parte desse projeto as pesquisas realizadas na bacia do Rio Paranapanema pela CTG Brasil, em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL), que possibilitam um repovoamento baseado em dados técnicos e científicos, com foco na conservação e manutenção dos estoques pesqueiros.

 

Espaço Legal

A campanha promove a regularização de acordo com as leis ambientais brasileiras, para que as atividades desenvolvidas ou pretendidas às margens e nos próprios reservatórios ocorram de maneira regular e ordenada, e não comprometam a natureza e o uso sustentável. O objetivo é conservar um patrimônio natural que é de





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br