Comércio aposta em Black Friday e Natal para recuperar vendas

Notícia publicada em 12 de novembro de 2020

Adoção de medidas estratégicas será fundamental para os lojistas alcançarem resultados positivos neste fim de ano

Após a turbulência provocada pela pandemia, aos poucos, o comércio vai voltando ao normal e aguarda com muita expectativa os dois próximos grandes eventos que ainda restam este ano, a Black Friday e o Natal. São duas ótimas oportunidades para os lojistas tentarem, ao menos, minimizar os impactos negativos e, se possível, ganhar fôlego para 2021. Ainda que o cenário esteja indefinido, indicadores dão sinais de que a retomada da economia está em curso.

Pesquisa realizada pela Fecomercio revela uma melhora no Índice de Confiança do Consumidor (ICC), que aumentou 5,6% entre agosto e setembro, o que significa que a percepção do consumidor em relação às suas condições financeiras está melhorando. Outro indicador importante é o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC), que teve alta de 10,5%. Isso mostra um aumento no otimismo do empresariado em relação à economia. Pesquisa feita pela RakutenAdvertising revela que 70% dos consumidores não pretendem diminuir os gastos com as compras neste fim de ano e que 78% dos brasileiros pretendem presentear alguém.

“Apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia este ano, como queda na renda das famílias e isolamento social, os indicadores são positivos. E é importante lembrar que o Natal tem sua magia. É o período em que as famílias se reúnem para confraternizar e, obviamente, trocar presentes, ainda que estes possam ser mais modesto em virtude da crise”, avalia Edivaldo de Medeiros, docente da área de gestão e negócios do Senac Itapetininga.

Ele lembra que planejamento sempre foi fundamental para alcançar sucesso nas vendas. E ganhou ainda mais importância diante do cenário atual, de achatamento da renda das famílias e aumento dos preços. Uma dica essencial para todos os lojistas, segundo Edivaldo, é priorizar a comunicação com seus potenciais clientes. “O comércio deve aproveitar essas duas boas oportunidades de fim de ano para impulsionar as vendas. Mas para que isso aconteça, o empresário deve planejar suas ações. E isso significa usar todos os meios de divulgação de seus produtos, especialmente o meio digital, que ganhou muita importância nos últimos meses”, recomenda.

E-commerce em alta

Edivaldo lembra que o isolamento social fez crescer extraordinariamente o uso da internet entre os consumidores. Segundo o docente, muitas pessoas passaram a comprar em lojas virtuais, gostaram da experiência e pretendem continuar. “É de extrema importância oferecer opções de canais de compras além da loja física, pois muitos consumidores ainda estão reticentes em fazer compras na loja física”, aconselha.

Mas é bom se apressar. A Black Friday deste ano será no dia 27 de novembro. Portanto, daqui há alguns dias. “É importante lembrar que muitos consumidores aproveitam os descontos oferecidos na Black Friday para antecipar as compras de presentes de Natal. No ano passado, cerca de 40% das pessoas fizeram isso”, observa Edivaldo.

Como a Black Friday é uma caça aos preços baixos, além de usar todas as ferramentas possíveis para divulgar os produtos, os lojistas devem implementar ações estratégicas complementares para alavancar as vendas. As opções, segundo o docente, vão desde desconto para compras adicionais, até brindes, sorteios e cupons de desconto para as próximas compras, entre outras. “Black Friday e Natal são datas que se complementam. Ambas têm o poder de estimular o consumo e isso, para o comércio, é muito positivo, pois representam duas ótimas oportunidades de vendas”, afirma Edivaldo.

Desconto e gratuidade

Para contribuir com a crise econômica em decorrência do novo coronavírus, o Senac São Paulo oferece desconto promocional de 30% em cursos presenciais técnicos, livres e idiomas até dezembro de 2021. No período mencionado, as aulas poderão ser iniciadas remotamente. Há também o Programa Senac de Gratuidade. Para se candidatar a uma vaga gratuita, o interessado deve ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais. As inscrições podem ser realizadas no site do Senac (http://sp.senac.br/bolsas-de-estudo)e as vagas podem ser solicitadas a partir de dez dias antes da data de início do curso, conforme disponibilidade de bolsas.

Serviço:

Compras e Administração de Materiais

Início: 14 de novembro de 2020

Término: 12 de dezembro de 2020

Horário:sábados, das 10 às 13 horas

Duração: 16 horas

Ferramentas para Liderança

Início: 17 de novembro de 2020

Término: 11 de dezembro de 2020

Horário:terças e quintas-feiras, das 19h30 às 22h30

Duração: 24 horas

Senac Itapetininga

Endereço: Rua Dom Joaquim, 495 – Centro – Itapetininga/SP

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/senac-itapetininga

Novembro/2020

Informações para a imprensa





Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br