População pede recursos para o atendimento de autistas e para proteção ambiental durante audiência do Orçamento 2023, em Iguape

Notícia publicada em 13 de Maio de 2022

Encontro realizado pela Alesp contou com a participação de moradores e autoridades do Vale do Ribeira

A criação de um centro de atendimento para pessoas com o Transtorno do Espectro Autista no Vale do Ribeira, bem como a destinação de recursos para projetos de preservação ambiental da região foram as principais demandas apresentadas durante a audiência pública do Orçamento para 2023 realizado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo nesta quinta-feira (12), em Iguape.

O encontro promovido pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp foi presidido pela deputada Dra. Damaris Moura (PSDB) e contou com a participação do presidente da comissão, deputado Gilmaci Santos (Republicanos) e do deputado Enio Tatto (PT).

Presidente da Câmara Municipal de Iguape, o vereador Eduardo Lara levou à reunião o pedido de criação de um centro de atendimento da população autista do Vale do Ribeira. “Sei o quanto é difícil para um pai manter o tratamento ideal para uma criança com autismo. Precisamos de um centro integrado que olhe para nossas crianças”, disse.

O vereador Zezequinho Herculano reforçou a necessidade do hospital especializado na região. “Hoje é preciso se deslocar para os grandes centros, gerando transtornos para os pais e para nossos autistas. Precisamos de todo o corpo técnico, com neuropediatra, terapeuta ocupacional e psicopedagogo. É uma pauta regional”, afirmou. “Temos que levar isso até nosso secretário de Saúde do Estado para que pense no Vale do Ribeira como um todo”, completou o vereador de Juquiá, Roberto Palhuca.

Na ocasião, Miguel Nascimento, que é representante de uma entidade do terceiro setor, solicitou também recursos para as instituições assistenciais da região. “Se houver um maior investimento do Estado com certeza os municípios poderão nos atender melhor e conseguiremos ampliar o nosso trabalho”, disse.

Meio ambiente

O município de Iguape é um dos três Distritos Turísticos do Estado, criados a partir da Lei 17.374/21, aprovada pela Assembleia Legislativa no ano passado. A classificação garante a articulação entre o setor público e investidores privados para fomentar novos empreendimentos no Estado.

Voltados para pasta de turismo da cidade localizada no litoral sul de São Paulo, a população levou aos deputados pedidos para a preservação ambiental da região. Moradora de Iguape, a professora Márcia Martins solicitou investimentos em projetos para a conscientização de jovens. “Somos uma área de proteção ambiental e temos nosso centro histórico. O objetivo é que o jovem se aposse desse conhecimento, desenvolvendo mais projetos para a cultura, o turismo e a educação”, disse.

“[Iguape] é uma cidade turística que deixa a desejar com relação a educação ambiental, na questão da preservação e da limpeza”, afirmou o professor Silvio Gonçalves, que também participou da audiência desta noite.

Já o vereador de Ilha Comprida Ivan Heleno pediu recursos para conclusão das obras de controle do escoamento da barragem Valo Grande, em Iguape. “Temos que fazer as comportas para poder movimentar a pesca da nossa região e valorizar o pescador artesanal. O pescador é a fonte de renda da nossa região e do Estado de São Paulo”, afirmou.

Hoje, esta acontecendo audiência do Orçamento realizada na Câmara Municipal de Embu das Artes.

Como participar

As audiências públicas são transmitidas ao vivo pela Rede Alesp na TV e no Youtube. Os interessados em participar com demandas e sugestões, deverão se inscrever no site da Assembleia (www.al.sp.gov.br), no ícone “Audiências Públicas do Orçamento”, e seguir as orientações. No dia da audiência da região correspondente, o link da plataforma Zoom será encaminhado através do e-mail informado no formulário de inscrição. No mesmo ícone, o cidadão poderá enviar sugestões ao Orçamento.




Gráfica Editora e Jornal Via Mão - Redação: Rua Komiko Kakuta, 38 - São Judas Tadeu - Capão Bonito - SP
CNPJ: 05.771.658/0001-10 - Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, sob n.º 12 no Livro "B" Matriculado e Microfilmado sob n.o 1.256.
Email: redacao@jornalviamao.com.br - jornalviamao@jornalviamao.com.br